Vidros acústicos bloqueiam poluição sonora com estilo e diversidade

por / quinta-feira, 20 julho 2017 / Publicado em Informações Acústicas, Isolamento acústico, Variedades
vidros laminado

Duplos, laminados ou espelhados: os modelos de vidros acústicos são diversos, assim como seus benefícios

Principalmente nos grandes centros urbanos estamos cada vez mais sujeitos a ruídos de todos tipos e precisamos conviver com eles. De estresse a depressão, até infarto e acidente vascular cerebral (AVC), a poluição sonora pode causar diversos males para a saúde de quem mora ou trabalha próximo a ambientes com ruídos excessivos. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), qualquer som que ultrapasse os 55 decibéis é prejudicial ao nosso organismo, e isso pode afetar inclusive o desenvolvimento de bebês.

Mesmo que o prejuízo seja menor e não esteja relacionado à saúde, situações desagradáveis de excesso de ruído acontecem a todo momento em diferentes locais como em um restaurante, escritório ou em uma loja de roupas.

Existem diversas formas de preservar a saúde e combater o desconforto gerado pela exposição ao ruído. Cada vez mais soluções inovadoras de isolamento acústico estão fazendo a diferença e a utilização de vidros acústicos nos mais diversos ambientes talvez seja a mais simples e, por isso, está ficando cada vez mais comum.

O som transmitido, ao encontrar um obstáculo, sofre redução de acordo com ao grau de reflexão do material. Dessa forma, quanto mais material existir no vidro, maior será a reflexão. Mas é importante ressaltar que o isolamento acústico não depende apenas do vidro, mas também da qualidade do caixilho (janelas, portas, fachadas) e da vedação.

Vidro comum X Vidro Acústico

Ambos são usados nas construções, mas se o projeto exige a utilização de medidas que garantam um maior conforto acústico é importante entender a diferença entre eles. O vidro comum possui redução acústica média de cerca de 29 decibéis; já o acústico, chega a bloquear até 41 dB. Pode parecer pouca coisa, mas essa intensidade acústica segue uma lógica logarítmica, o que significa que não é linear, ou seja: uma pequena diferença de 5 decibéis prejudica os ouvidos humanos, que são sensíveis aos sons altos.

Os vidros acústicos têm diferentes funcionalidades. Além da saúde, o uso inteligente dos vidros também beneficia a estética e conforto dos imóveis.

Existem diferentes modelos de vidros acústicos à escolha, entre eles:

Vidros duplos

Também conhecidos como insulados, possuem função termoacústica, proporcionando isolamento térmico e acústico. Com uma camada interna de gás desidratado ou ar, oferecem selagem em dose dupla. Seus benefícios incluem a privacidade, maior aproveitamento das luzes naturais e controle da entrada de calor e luz, diminuindo a luminosidade dos ambientes, além de atenuar as ondas sonoras com mais eficácia do que os vidros comuns, bem como a alta durabilidade.

vidros laminado

Vidros laminados

Considerados materiais de segurança, esses vidros são compostos por duas ou mais placas de vidros, unificadas por camadas de polivinil butiral (PVB), o que os tornam mais resistentes aos impactos além de filtrar 99% dos raios ultravioleta que descolorem os objetos da casa. Os vidros laminados também são eficientes quanto amortecimento das vibrações sonoras, reduzindo os ruídos.

A escolha do melhor vidro para cada local

Seja uma sala residencial ou comercial, a hora da escolha dos vidros para os ambientes é decisiva para que os objetivos finais sejam alcançados com sucesso, entre eles o isolamento acústico. Certos fatores devem ser levados em consideração, como a localização do empreendimento, fontes de ruídos, bem como os níveis de expectativa e exigência em relação ao conforto acústico.
Cada vez mais, o mercado e os profissionais têm trabalhado em prol da qualidade de vida e da saúde em todos os ambientes, e as soluções sonoras não ficam para trás nessa inovação, como provam as opções diversas de isolamento com vidros acústicos.

Deixe uma resposta

TOP