Tratamentos acústicos nas escolas e o aprendizado dos alunos

por / quinta-feira, 17 setembro 2015 / Publicado em Tratamentos acústicos

Os ruídos nas salas de aula podem interferir diretamente na capacidade de concentração e de aprendizado dos alunos.

A escola é elemento fundamental para o desenvolvimento das crianças. Ela é uma extensão da casa e divide com os pais a formação dos pequenos, desde a socialização até o aprendizado do conteúdo programático.

Na hora da escolha pela escola ideal para os filhos, os pais se atentam a vários detalhes, como o método de ensino adotado, o quadro de professores, o acervo da biblioteca e as instalações oferecidas, como laboratórios, quadras poliesportivas e auditórios. Esse conjunto de características pesa, e muito, na escolha dos pais, porém se a escola não oferecer qualidade de aprendizado aos seus alunos, ou seja, condições para que eles desenvolvam a capacidade de concentração e absorvam os conteúdos, esses diferenciais acabam sendo em vão.

A acústica das salas de aula

O ruído dentro das escolas é um dos principais fatores para a dificuldade de aprendizado. Uma pesquisa feita pela Unicamp com alunos de escolas municipais, estaduais e particulares revelou que 70% dos estudantes se incomodam com o barulho dentro das salas de aula. Desses, 60% apresentam dificuldades para realizar as lições, 10% não entendem direito o que a professora fala e 6% afirmam sentir dores de cabeça ou de ouvido no final de um dia letivo.

Os números da pesquisa alertam para um fator pouco lembrado, mas de extrema importância no processo de ensino: o tratamento acústico dentro das escolas. O barulho dos alunos que estão em horário de atividade física, por exemplo, pode influenciar na concentração daqueles que estão dentro de sala em uma aula de matemática. Da mesma forma, para os que estão em uma sala durante a aplicação de uma prova, ouvir o professor passando matéria na classe ao lado pode atrapalhar na concentração.  Nos grandes centros, a boa acústica nas salas de aula é ainda mais importante, já que elas estão expostas à poluição sonora urbana, como obras, construções e o próprio trânsito.

Soluções acústicas para escolas

Para garantir um ambiente com melhores condições de concentração e aprendizado para os alunos, as escolas podem investir em isolamento e revestimento acústico. A diferença fica por conta dos locais nos quais os tratamentos acústicos serão usados. Para salas de aula, o ideal é que seja feito o isolamento, impedindo a transmissão sonora de um ambiente para o outro. Em auditórios ou salas de vídeo, por exemplo, o revestimento é a melhor opção para absorver sons. Nesse tipo de tratamento, são usados materiais como a lã de rocha e de vidro para proporcionar conforto acústico ao ambiente.

Oferecer as melhores condições de aprendizado para os alunos é o papel de todas as escolas, e investir em tratamentos acústicos ajuda não somente no ensino, mas na qualidade de vida dos professores, que terão na acústica uma importante aliada na transmissão de conhecimento sem precisar forçar seu instrumento de trabalho, a voz.

 

Deixe uma resposta

TOP