Tratamento acústico em igrejas melhora a qualidade do culto e não causa problemas a vizinhos

por / quarta-feira, 06 abril 2016 / Publicado em Destaques, Isolamento acústico
tratamento acústico para igreja

Com planejamento e os produtos corretos, o isolamento acústico nas igrejas proporciona uma melhor experiência e satisfação dos fiéis.

Qual semelhança pode haver entre uma casa noturna e uma igreja? Entre um teatro e um estúdio de som?  Ambientes que reproduzem música, espetáculos ou mesmo cultos religiosos sem o devido tratamento acústico acabam extravasando e prejudicando moradores do entorno.

Muitas pessoas que moram próximo a qualquer um desses ambientes já sofreram com o som alto. Em alguns casos, principalmente em danceterias e casas noturnas, os vizinhos, muitas vezes, não conseguem dormir por causa do barulho.

O direito ao sossego está assegurado pela lei federal nº 3.688 de 23 de outubro de 1941, capítulo IV. Em 2014, um projeto que proíbe a propagação de som acima de 85 decibéis em casas de shows, boates e demais estabelecimentos noturnos, foi aprovado na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados.

Segundo a lei, no primeiro caso de uma medição superior ao permitido, o estabelecimento é notificado e deverá cumprir as regras em até 15 dias. Se não se adequar, pode ser suspenso de exercer atividades durante 30 dias. Em caso de reincidência, também são previstos outros tipos de punição, como o fechamento do estabelecimento e pagamento de multa.

O mais comum é que esse tipo de problema ocorra em casas noturnas (boates, danceterias, casas de show) por causa da música muito alta e também devido à grande reunião de pessoas, mas mesmo em lugares com menos fatores para a produção de ruído, como teatros, restaurantes e até mesmo igrejas, esse tipo de problema é comum.

tratamento acústico para igreja

Barulho excessivo em igrejas

O templo religioso causa poluição sonora durante os cultos e pode provocar danos à saúde dos moradores vizinhos como estresse, perda de audição, insônia e cansaço.

Dependendo da região node estiver instalada, as igrejas devem manter os ruídos em no máximo 60 decibéis durante a noite. Em diversas situações já se teve notícia de templos religiosos que foram denunciados e punidos por causa do barulho excessivo. Inúmeras ações são ajuizadas contra igrejas, sob a alegação de excesso de barulho, com perturbação do sossego público. Muitas resultaram em fechamento de igrejas, inquéritos policiais, pesadas multas e, ainda, indenizações aos vizinhos.

A igreja da Paróquia Santo Antonio, de São José, na Grande Florianópolis, recebeu uma multa de R$ 3 mil por causa do barulho dos fiéis no ano passado. (Foto: Paróquia Santo Antônio/Divulgação)

A igreja da Paróquia Santo Antonio, de São José, na Grande Florianópolis, recebeu uma multa de R$ 3 mil por causa do barulho dos fiéis no ano passado. (Foto: Paróquia Santo Antônio/Divulgação)

Por que fazer tratamento e isolamento acústico em igrejas?

A falta de um tratamento acústico adequado faz com que o som interno reflita nas superfícies. Isso se torna ainda mais intolerável em um ambiente muito reverberante, situação comum também nas ingrejas.

O isolamento acústico em templos religiosos é um assunto extremamente importante para um bom funcionamento da igreja, otimizando investimentos e evitando gastos fora do planejado.

Produtos para isolamento acústico de igrejas

Os produtos indicados para isolamento acústico podem ser vários como espuma acústica, lã de rocha, lã de vidro, painéis, forros e portas acústicas.

Forros acústicos

Projetando um forro acústico com o produto correto, é possível eliminar ou otimizar o excesso de eco na igreja e diminuir o som que vaza e invade a área externa e tornando o salão da igreja num local agradável. O condicionamento acústico através da implementação do forro permite que o som dentro do salão seja mais fácil de ser compreendido, as notas e os instrumentos musicais ficarão mais claros.

Portas acústicasporta metalica

O propósito de uma porta acústica é fornecer uma barreira à passagem do som de um recinto para outro.

Portas acústicas possuem alto poder de atenuação acústica pois normalmente são vedadas em todo o seu perímetro e preenchidas internamente com material acústico de alta densidade. O acabamento pode ser em madeira ou metal. Um exemplo de solução foi a porta acústica criada pela empresa Amplitude Acústica para a Igreja Batista Shalon de Curitiba.

As portas produzidas pela Amplitude Acústica passam por um rigoroso controle de qualidade que busca eficiência na atenuação do ruído e durabilidade.

O isolamento acústico com os melhores materiais impede que o som produzido no interior da igreja ultrapasse os limites territoriais do prédio e se espalhe pela vizinhança e incomode outras pessoas.

Deixe uma resposta

TOP