Poluição sonora afeta desenvolvimento de bebês

por / terça-feira, 05 julho 2016 / Publicado em Isolamento acústico, Tratamentos acústicos

Maternidades e hospitais precisam investir em soluções acústicas para diminuir o barulho e garantir a saúde dos bebês

Se os excessos de ruído e o barulho já causam problemas de saúde e estresse em adultos, imagine o que não são capazes de fazer a recém-nascidos e bebês. Além de, literalmente, tirarem o sono dos pequenos, podem, ainda, influenciar no desenvolvimento das crianças.

isolamento acustico hospitais

Inúmeras pesquisas mostram os diferentes males que a poluição sonora causa a meninos e meninas ainda quando nem capazes são de identificar aquilo que ouvem do lado de fora da barriga. Vejamos alguns dados:

– Um estudo comprovou que, quanto mais próximas crianças moravam do aeroporto de Frankfurt, na Alemanha, menor era a inteligência.

– Um estudo semelhante, feito com crianças de um orfanato localizado acima da via expressa Dan Ryan, em Chicago (EUA), revelou que, quanto mais perto da via expressa era o andar onde a criança morava, menor era sua inteligência.

– Uma pesquisa da Universidade de Utrecht, na Holanda, revelou que para cada aumento de seis decibéis do ruído do tráfego, houve uma queda de 15g a 23g no peso do bebê no nascimento. O estudo foi realizado baseado em dados de mais de 68 mil nascimentos.

– Pesquisadores do Imperial College de Londres apuraram, ainda, que altos níveis de exposição ao ruído podem elevar em 20% o risco de hospitalização por doenças cardíacas.

O som ao redor: poluição sonora pode prejudicar as crianças

Somos expostos a sons o tempo todo. A natureza produz uma série de ruídos, mas que nem de longe se assemelham àqueles que resultam dos processos urbanos e tecnológicos. Como são constantes, em volumes altos e irritantes, esses barulhos impactam o cérebro de forma diferente, principalmente a região do córtex relacionada à audição que, estimulada de forma inadequada na infância, pode levar a dificuldades de aprendizado no futuro.

E não é apenas o desenvolvimento cognitivo que a poluição sonora pode afetar. O sistema auditivo das crianças também pode sofrer perda total ou parcial.

Além de problemas na audição, ruídos inadequados, frequentes e muito altos são capazes de influenciar não apenas o sono tranquilo do bebê, mas causar irritabilidade e estresse que impactarão de forma negativa na saúde da criança.

Soluções acústicas em hospitais e maternidades

Por conta dos males causados às crianças pela poluição sonora, é de extrema importância que ambientes hospitalares dedicados aos cuidados com elas sejam acusticamente protegidos.

tratamento acustico em maternidades

Projetos de isolamento acústico são indispensáveis para esses espaços e garantem não só a qualidade de atendimento, como o principal, a saúde das crianças. Portas, visores de vidro e venezianas acústicas fazem parte do aparato necessário para um bom isolamento contra ruídos excessivos nesses espaços.

Existem produtos para isolamento sonoro que podem ser aplicados em pisos, paredes, forros, tubulações hidráulicas e muito mais.

Tratamento acústico do maquinário: barulho que não passa

Além desses isolamentos feitos para proteger ambientes dos ruídos externos, outras estruturas dos hospitais e maternidades devem receber tratamento acústico, de modo que o som não se propague e chegue a outros andares ou salas. Os geradores devem ser enclausurados com barreiras acústicas e abafadores de ruído e todo maquinário deve receber isolamentos.

Conheça os nossos projetos de isolamento e tratamento acústico e descubra o que podemos fazer por você e pela sua empresa.

Deixe uma resposta

TOP