Excesso de barulho diário pode causar ansiedade, insônia e outros distúrbios

por / terça-feira, 04 novembro 2014 / Publicado em Tratamentos acústicos
barulho nas grandes cidades

barulho nas grandes cidadesO barulho cada vez maior nas grandes cidades vem causando prejuízos à saúde da população.

O escesso de barulho constante deixa as pessoas em contínuo esgotamento emocional, Mesmo que os ruídos característicos de grandes centros como buzinas de carros, freadas de ônibus ou sirenes de ambulância não ocorram constantemente, podem sim impactar nossos ouvidos a longo prazo.

Pesquisas mostram que o ruído fora de controle é um dos agentes mais nocivos à saúde humana.

O trânsito no centro de grandes cidades alcança facilmente os 80 dB. Bruno Castro, médico otorrinolaringologista e membro da Sociedade Mineira de Otorrinolaringologia, explica que barulho é todo som audível que se torna desarmônico à audição. “O ruído intenso, que pode causar alguma perda de audição, está acima de 85 decibéis (dB ) por um período de oito horas. Para cada 5dB aumentado, a exposição ao ruído deve diminuir pela metade, ou seja, 90dB por apenas quatro horas de exposição. E 95dB por apenas duas horas e, aos 110dB, a exposição deve ser de apenas 15 minutos.”

Vejam que é uma diferença muito pequena entre o barulho normal de grandes cidades e o nível que causa prejuízo à saúde. O especialista ressalta que esses excessos de ruído podem gerar a perda de audição chamada de perda auditiva induzida por ruído que, pode gerar zumbido, transtornos de atenção, ansiedade, insônia e até depressão.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu como padrão a média de 50 dB (decibéis) para evitar que nosso cérebro entre em colapso. A partir desse nível, o organismo começa a sofrer com estresse, insônia, irritabilidade, ansiedade, distúrbios endocrinológicos, podendo chegar até à perda irreversível da audição.

Além de medidas urgentes para reduzir o excesso de barulho em ambientes externos, o que é responsabilidade de toda sociedade civil, a cada dia se torna mais importante que as empresas invistam em soluções de tratamento acústico em ambientes residenciais, de trabalho e lazer, para que, ao menos, durante esses momentos as pessoas não sejam bombardeadas por barulho excessivo.

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

TOP