Atenção! Ruídos podem causar perda auditiva

por / segunda-feira, 04 maio 2015 / Publicado em Destaques, Tratamentos acústicos, Variedades

Quando a exposição ao ruído é de forma súbita e muito intensa, pode ocorrer o trauma acústico, lesando, temporária ou definitivamente, diversas estruturas do ouvido

Quando o ruído é intenso e a exposição a ele é continuada, ocorrem alterações estruturais na orelha interna, que determinam a ocorrência da Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR). A PAIR é o agravo mais frequente à saúde dos trabalhadores, estando presente em diversos ramos de atividade, mas principalmente em siderurgia, metalurgia, gráfica, fábricas têxteis, papel e papelão e vidraria.

Sound11

Dificuldade na compreensão da fala, intolerância a sons intensos e queixas constantes de dor de cabeça, náusea e irritabilidade, são alguns dos sintomas de quem pode estar em um quadro de perda auditiva.

Com o objetivo de, pelo menos, amenizar os danos causados pela exposição contínua em ambientes com ruídos, foi criada a Norma Regulamentadora nº 15 (NR-15), da Portaria do Ministério do Trabalho nº 3.214/1978, que estabelece os limites de exposição a ruído contínuo.

Amplitude Acústica - Ruído

Tabela de nível de ruído contínuo / Limite de exposição diária

85 db > 8 horas

86 db > 7 horas

87 db > 6 horas

88 db > 5 horas

89 db > 4 horas e 30 minutos

90 db > 4 horas

91 db > 3 horas e 30 minutos

92 db > 3 horas

93 db > 2 horas e 30 minutos

94 db > 2 horas

95 db > 1 hora e 45 minutos

98 db > 1 hora e 30 minutos

100 db > 1 hora

102 db > 45 minutos

104 db > 35 minutos

105 db > 30 minutos

106 db > 25 minutos

108 db > 20 minutos

110 db > 15 minutos

112 db > 10 minutos

114 db > 8 minutos

115 db > 7 minutos

Deixe uma resposta

TOP