Fale Conosco
Clique aqui!
X
Clique aqui e Peça seu Orçamento!
Clique aqui e Peça seu Orçamento!

Arquitetura acústica: aumento da demanda é oportunidade para profissionais

por / quinta-feira, 07 dezembro 2017 / Publicado em Isolamento acústico, Mantas
arquitetura acustica

Em um mundo barulhento, a arquitetura acústica é cada vez mais requisitada pelo público. Contar com as melhores soluções existentes é essencial para um projeto exitoso.

A arquitetura acústica já é uma velha conhecida de arquitetos que têm experiência projetando ambientes corporativos como indústrias, grandes lojas, casas de show, salas de aula e salas de reunião, entre outros.

arquitetura acustica

Afinal, em alguns locais, a boa reverberação do som é fundamental. É o caso das escolas, onde, durante o processo de alfabetização, as crianças precisam ouvir bem a pronúncia das palavras.

Antes, os profissionais da área não estavam acostumados a trabalhar com a arquitetura acústica fora de projetos especiais ou com orçamentos mais generosos. Entretanto, em um mundo cada vez mais agitado e barulhento, essa técnica começa a ser requisitada em ambientes nos quais era, até então, incomum, como imóveis residenciais e escritórios corporativos.

O que é a arquitetura acústica?

A arquitetura trabalha com três tipos de conforto na elaboração de um projeto: térmico, lumínico e acústico. A arquitetura acústica se ocupa deste último.

Trata-se do uso de técnicas e materiais que tornam o som mais claro e agradável a quem está dentro do ambiente: é bem diferente do que simplesmente fazer o isolamento acústico.
Por esta razão, o arquiteto responsável precisa conhecer bem as propriedades físicas do som e como trabalhá-las.

É fundamental entender, por exemplo, como as ondas se propagam e como interagem com os mais diferentes materiais e estruturas. O objetivo é que o som seja agradável, e que não se torne, em hipótese alguma, um ruído que incomoda.

Por que a arquitetura acústica é importante?

Para um leigo, à primeira vista, a arquitetura acústica não é mais que um mero acessório em um projeto. De fato, até então, ela não era vista como mais que um capricho.

Contudo, os sons têm um forte impacto sobre a qualidade de vida de quem circula pelo local, principalmente em ambientes residenciais. Isso vai desde a boa qualidade do sono até a perfeita compreensão de o que as pessoas dizem, algo muito importante em locais de convivência, como espaços gourmet.

A população tem se conscientizado cada vez mais disso. Consequentemente, a arquitetura acústica é cada vez mais solicitada em diversos projetos.

Aumento da demanda por arquitetura acústica

Arquitetos que acompanham as tendências do mercado provavelmente já notaram um aumento significativo na demanda por projetos de arquitetura acústica. Isso não é à toa.

O planejamento acústico é cada vez mais necessário em residências. Afinal, nas ruas e no espaço de trabalho, todos estamos rodeados por inúmeras fontes de ruído, o que é bastante estressante para o organismo. Quando vamos para casa, só queremos relaxar! Com esse objetivo e também por causa do aumento da violência e das dificuldades de deslocamento em grandes cidades, as pessoas tendem a ficar mais tempo em casa. Deste modo, é natural que invistam mais em seu bem estar doméstico e em espaços de lazer como a área gourmet e o home theater que precisam de um tratamento acústico adequado para cumprirem sua finalidade que é divertir.

Arquitetura acústica em espaços corporativos

Donos de bares e restaurantes também perceberam que um espaço confortável é fundamental para atrair e reter clientes. Portanto, os proprietários de tais estabelecimentos têm investido cada vez mais nela, de modo a tornar o espaço mais agradável e encorajar os clientes a ficarem lá por mais tempo – e consumir mais.

Consultórios médicos e odontológicos também têm apostado cada vez mais em projetos de arquitetura acústica. Esses são ambientes que podem ser bastante estressantes para os pacientes e, principalmente, para os profissionais que neles trabalham. O conforto acústico pode atenuar a tensão, melhorar a experiência e, consequentemente, facilitar o trabalho do profissional.

Em edifícios comerciais, a arquitetura acústica também é uma preocupação cada vez mais frequente: a ciência já comprovou que o som pode atuar para o bem ou para o mal, privilegiando ou comprometendo a concentração e consequentemente o desempenho dos vendedores.

As empresas já se conscientizaram que empregados felizes produzem mais e melhor, e que um ambiente de trabalho saudável é parte fundamental disso. Por isso, elas se dedicam cada vez mais a isolar sons externos, como os do trânsito, e a evitar que os internos (pessoas conversando, falando ao telefone ou digitando) sejam incômodos.

Quais são as melhores soluções de arquitetura acústica para realizar um projeto?

Os avanços tecnológicos facilitaram bastante o trabalho dos arquitetos. Muitos equipamentos que antes eram considerados imprescindíveis para o desempenho do trabalho, hoje não são mais. Entre os exemplos mais claros disso estão a tinta nanquim e o papel manteiga, aposentados e trocados por softwares de projeto, como o AutoCad.

No campo da arquitetura acústica, há cada vez mais opções de materiais que privilegiam o conforto sonoro do ambiente. Alguns deles são:

  • Drywall: apesar de ser conhecido pela leveza e praticidade, o drywall também é indicado para quem quer um melhor isolamento acústico.
  • Mantas acústicas: feitas de diversos materiais, as mantas podem ser usadas de diversas formas para barrar o som.
  • Vidros acústicos: cada vez mais usado em obras modernas, esse material tem uma impressionante capacidade de barrar sons.

Essas são apenas algumas das soluções ao alcance do profissional que trabalha com a arquitetura acústica. Manter-se atualizado é essencial para criar projetos cada vez melhores e atrair mais clientes. Além disso, contar com uma empresa especializada em tratamento acústico também vai ajudar os arquitetos a utilizarem sempre as melhores soluções e produtos para tratamento e isolamento acústico.

Deixe uma resposta

TOP